Sixkim | BIOGRAFIA

Não faz muito tempo que noticiamos Sixkim aqui no blog, retomamos a o fazer por constituir uma noticia de interesse público, ultimamente este cantor tem vindo a surpreender-nos com inumemos actos, por exemplo a sua extreia no mundo da sétima arte, tudo isso e muito mais podemos ficar a saber no seu blog (clique aqui para chegar até lá), mas para não tirar o gosto da boca de quem está aqui a ler, ai vai a biografia deste poeta da vida urbana.


BIOGRAFIA
Sixckim começou a fazer musica desde criança. Escrevia algumas canções quando tinha apenas 12 anos de idade. Começou a fazer Rap em 1992. As suas grandes influências foram : Valdemar Bastos, os Boney M, Bonga, Mamborro, Pedrito, Pongo Love, Pépé Calé, Mbilia Bel, Rochero, Nsuede Nsuede de Kinssundi, Kituxi, Michael Jackson, Tchalamuana, LL Cool J, Public Enemy, NWA, K Solo, Nene Cherry, Queen Latifa, Monie Love, Soul II Soul, Digital Underground, Ice T, Vanilla Ice, Too Short, DJ Quick, De La Soul, Will Smith, Bom Jovi, Guns and Roses, Nirvana, Osy Osborn, Jodecy, Desire, Sade, 2 pac, Notorious BIG, Craig Mack, Wutang Clan, Rackim, Afrika Bambataa, The Fugees, The Roots, Mos Def, Talib Kwali, KRS-ONE.
O seu interesse pelo Hiphop cresceu e o seu desempenho tornou-se mais sério em 1995, quando formou o grupo “Incessantes do Rap”, que contava com apenas dois elementos, cantava nas ruas de Luanda (Angola) e fazia “freestyles” no bairro da Maianga (Luanda). Depois da desistência do seu amigo, continuou cantando a solo. Atuou pela primeira vez em palco em 1996 numa atividade da Feira Popular no Bairro Popular em Angola, organizada pelo radialista Mateus Gonçalves, partilhando o mesmo palco que Africa Preta, Duplo V, Father Mack e Zulu in da House e os N’Sex Love. Em 1997 imigrou para a Africa do Sul para dar continuidade aos seus estudos de engenharia. Continuou a fazer musica e foi membro do grupo de Rap angolano KillaHill em 1999. Foi uma experiência curta e preferiu continuar a carreira a solo.Lançou o seu primeiro trabalho discográfico em 2001 intitulado “Luz E Som”, na África do Sul, com 12 faixas musicais, contando com a participação especial do rapper do Zimbabwe Mizchief. Em 2002 participou no espetáculo da Feira Internacional em Pretoria ao representar Angola, sendo convidado da Embaixada de Angola na África do Sul, acompanhado do músico conceituado angolano, Nguabi Monteiro, que foi membro do grupo As Gingas Do Maculusso. Ainda em 2002 fez a abertura do espetaculo do grupo MESS no cine Karl Max, ainda em 2002 foi convidado numa das edições ao vivo do programa televisivo da TPA Janela Aberta, foi convidado a atuar num dos espetaculos da radio nacional partilhando o mesmo palco que Dog Murras, Margareth de Rosário e os Kiezos. Em 2003 participou na primeira edição do Hiphop Fashion Show na África do Sul com a presença de artistas como Perola (Diva de Angola 2009), Digital Mindz etc.. Foi convidado a participar em espetaculos organizados pela Igreja Mana em Joanesburgo. Em 2003 participou no espetaculo dos Puro Style que contou com a presença de Big Nelo, dos O2 e dos KillaHill em Braamfontein, Joanesburgo. Parou de cantar durante algum tempo dando prioridade aos seus estudos de engenharia. Formado em egenharia, Sixckim tambem é colaborador em programas de radio como o programa Big Show Cidade da radio Luanda e o programa Eclético FM da radio Escola desde o ano 2009. Neste momento Sixckim esta de volta aos palcos com mais um trabalho discográfico intitulado “INCOLOR”. O album conta com 14 faixas musicais ineditas e com a participacão de artistas angolanos e internacionais como Norgui do Gabão, Benizia de Angola, Beibi Max de Angola, WD de Mocambique, Djamila Miranda de Angola, CF, Jack Kanga, Kanda e Paulo Matumina. Este album, mais esperado por muitos apreciadores de musica, vai ser lançado em Luanda em Setembro de 2010.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

RAINHA DA SUCATA