Rincon Sapiência

Não é angolano, não é moçambicano, é brasileiro, pela primeira vez este blog estende este projecto até outros povos da comunidade lusofona, Rincon Sapiência convenceu-nos quando argumentou a necessidade de diminuir a distância estre as pessoas que falam a mesma língua, dai estarmos a publicar na integra a RELEASE deste artista.

Rincon Sapiência tem como nome de batismo Danilo Albert Ambrosio, dotado de uma vasta influência musical, principalmente quando se trata da música "afro", encontrou no Rap o melhor rítmo para se expressar, onde atua como cantador, poeta e construtor de batidas(beatmaker). Iniciou sua carreira no ano 2000 quando tinha 15 anos, passou por diversos grupos até encontrar o seu estilo autêntico de criar música, entre eles os grupos MD38, Ébanos, Segundo Assalto, Plano B, Equilíbrio Insano e Porte Verbal.

Na cena Rap começou a a se destacar fazendo rimas de improviso, principalmente nos eventos organizados pela banda Central Acústica, ganhava credibilidade tanto nos bailes do Sala Real, que depois passou a acontecer no Hole Club, quanto nas memoráveis quintas-feiras na Galeria Olido, onde se encontravam a nova safra de djs, mc´s e beatmakers. Em 2005 participou do Fórum Social Mundial que foi realizado em Porto Alegre, onde competiu e venceu o campeonato de improviso que ocorreu no evento, onde o público sugeria os temas e os artistas competiam entre si desenvolvendo rimas com os temas sugeridos.

Em constante atividade, sempre utilizou o rap como ferramenta de articulação, atuando também no núcleo de hip hop "Hip de la Hop", juntamente com o coletivo desenvolvia atividades sociais como eventos de hip hop, discussões temáticas, exibições de vídeos e oficinas de poesia. Ainda no ano de 2005, se aliou ao selo Plano Áudio, idealizado pelo mc Kamau integrante do grupo Simples, junto com o mesmo lançou sua primeira faixa "Aventureiro" que saiu no disco do Simples "Escuta aí", aliado ao grupo chegou a se apresentar em diversos lugares de São Paulo e até mesmo fora da cidade. Já no ano de 2008 mesmo fora do selo Plano Áudio, colaborou em duas faixas do disco Non Ducor Duco do rapper Kamau, a faixa "Porque eu rimo" e também a faixa "Tambor" que conta com a participação da atriz e cantora Thalma de Freitas.

Continuando sua carreira depois de alguns experimentos com Samba e também com a música jamaicana, onde chegou a fazer algumas apresentações com a banda de reggae/dancehall QG Imperial, no ano de 2009 Rincon Sapiência consolida um grande avanço para sua carreira e também para a cena do Rap brasileiro, o lançamento da música "Elegância" deu novos parâmetros para o rap, longe dos downloads e quebrando a resitência de alguns djs em tocar rap brasileiro, o sucesso ocorreu de uma forma diferente dos demais artistas de sua geração, invadiu as baladas, graças ao apoio do Dj King primeiro dj a tocar a música e caindo também nas graças de djs de renome como Dj Kl Jay, Dj Keffing, Dj Marco a música se tornou uma febre na noite de São Paulo, onde consequentemente se espalho para outros djs e também outras cidades como Sorocaba, Indaiatuba, Campinas, Espírito Santo, Baixada Santista e também outros estados como Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis. O sucesso da música ganhou mais um tempero no ano de 2010 com o lançamento do PromoTrampo Vol.01 e do vídeoclip da música "Elegância", produzido pela produtora Porqueeu Conceito e Conteúdo, onde muitos chegaram a exclamar, que o clip é o melhor já feito pelo rap brasileiro.

"...Sapiência fala do cotidiano com suavidade e malandragem, aborda temas como sedução e beleza com atitude de quem conhece o histórico brasileiro de discriminação. A estética negra é evidenciada, não para mostrar superioridade de uma raça, mas para dar continuidade ao orgulho reconstruído pelos pioneiros da luta contra o racismo. "

trecho extraído do site Central HipHop.

http://centralhiphop.uol.com.br/site/?url=materias_detalhes.php&id=964

data: 02/04/2010.

Integrante do grupo Audácia, Rincon Sapiência junto com seus parceiros de grupo carregam o lema "Amor, Ideologia e Técnica", lema que registra o amor pela arte, a restência ideológica para cadenciar o Rap para o comércio sem alterar sua essência e a técnica para dar estética a música e torná-la um bom entretenimento, para que não se limite apenas ao discurso. A temática social é algo presente na arte de Rincon Sapiência, porém, isso não impede a diversão, ponto mais alto nas apresentações ao vivo do rapper.

"...A batida de "Elegância" é pesada, um rap tradicional, mas seu olhar obtuso que mistura questões sociais, orgulho negro e bom-humor colocar Rincón em um patamar diferente do que se está acostumado no hip hop. Não se engane, porém: os Racionais MCs estão ali, o rap americano também. Sua visão é mais ampla, mas ele não quer negar de onde vem, encontrou um caminho diferente menos agressivo, para falar de coisas de um dia-a-dia duro, mas no qual não falta humor: "Sabe que eu sou rap, mas sou tipo tango, elegante na corrida pra ganhar uns mangos".

Trecho extraído do site da Revista Trip.

http://revistatrip.uol.com.br/tv-trip/rap-e-elegancia.html

MÚSICAS: www.myspace.com/rinconzl BLOG: www.manicongo.blogspot.com TWITTER: www.twitter.com/rinconzl

Comentários

Mensagens populares deste blogue

RAINHA DA SUCATA